10 de novembro de 2021

Como um retiro espiritual pode te ajudar?

Ouça este post em formato PODCAST

Introdução

Em algum momento de nossas vidas podemos nos sentir perdidos, com um sentimento de vazio existencial permeado por angústias, anseios e uma certa confusão. Este tipo de experiência é semelhante a usar um sapato apertado, o desconforto nos faz querer tirá-lo.

Assim também é com o sofrimento, quando ele se torna insuportável, vamos buscar uma maneira de saná-lo. A escolha que faremos sobre como lidar com este momento pode nos salvar, ou nos afundar ainda mais em problemas.

Há basicamente duas escolhas a tomar:

1. Tentar mudar o mundo a nossa volta

Esta é uma atitude que tomamos para tentar aliviar nosso sofrimento. Isto ocorre porque quase sempre acreditamos que o problema está no outro, não em nós. Às vezes pode ser que sim, é necessário mudar algo no mundo externo, mas é importante se manter atento para verificar se algum tempo depois da tal mudança – que trouxe aquela sensação de alívio e nova motivação – não voltamos a nos sentir perdidos, confusos e ansiosos. Isso pode acontecer quando mudamos apenas no nível das aparências, não no nível das causas.

Dessa maneira podemos ter a tendência de repetir tudo de novo, podendo ficar nesse ciclo de mudanças superficiais por muitos anos. Superficiais porque não tocam a raiz do problema, nossa mente emocional. E é neste lugar que precisamos aprender a entrar. É lá que as coisas precisam ser mudadas, para depois ganharem expressão no mundo externo.

Quando não queremos olhar para a raiz do problema, ao longo do caminho vamos nos tornando cada vez mais intoxicados psico-emocionalmente falando, o peso e a dor vão aumentando e vamos nos fechando cada vez mais, nos distanciando das relações, buscando cada vez mais esconder o que sentimos, cuidando para que ninguém descubra.

Isto nos leva ao esgotamento espiritual. Aqui a vida perde seu sentido e significado, fica cinza, sem vivacidade, sem ânimo, sem alma. Este é um ambiente de sofrimento espiritual onde facilmente podemos nos viciar em alguma substância, ocupação ou prazer para tentar amenizar este sofrimento. Isto se torna uma verdadeira prisão para nossa transformação pessoal e espiritual.

2. Reconhecer que algo não está bem e que precisamos de ajuda

Quando percebemos que algo não vai bem interiormente e conseguimos falar com alguém sobre o que estamos sentindo, este pode ser o primeiro passo para uma jornada de cura. Mas a grande virada se dá quando assumimos a responsabilidade pela situação de nossa vida, e desse modo, a experiência do sofrimento muda de cenário. 

Quando reconhecemos que o que sentimos e pensamos é de nossa responsabilidade, surge uma força interior para lidar com as situações dentro e fora de nós. O sofrimento passa a ser um combustível que queima e nos move a buscar por respostas, dando início ao que podemos chamar de jornada de autoconhecimento e desenvolvimento humano-espiritual. Nem todos passam por isto, mas na situação do planeta hoje, sim, muita gente está despertando devido ao sofrimento em suas vidas.

Algo da leitura fez sentido para você até aqui? Percebe que algo pode estar precisando de mais atenção na sua vida? Um primeiro passo após este reconhecimento é buscar por uma genuína comunicação com sua alma, um pedido de ajuda, sincero, direto para a sua fonte de vida primordial, e ouvir. 

Então você pode estar se perguntando, como posso fazer isto? Como posso aprender a voltar para mim, e lidar com meu mundo interior? Com meus sentimentos e pensamentos? Bom, segundo minha experiência de vida, um retiro de autoconhecimento e espiritualidade pode facilitar esta etapa para você, mas não pode Fazer por você.

Então, como um retiro espiritual pode te ajudar? 

Quando reconhecemos que nosso sofrimento não tem causas apenas no mundo concreto, que não encontramos respostas no mundo de forma objetiva, se persistimos em buscar nosso equilíbrio, certamente vamos adentrar na jornada espiritual: Uma experiência sem volta de autoconhecimento e transformação pessoal.

Nos tempos em que vivemos, a espiritualidade – que segundo a nossa visão, é uma forma de ciência metafísica – ganhou forte adesão ao adotarmos uma busca pessoal de desenvolvimento da sabedoria e comunhão com a vida/existência/Deus.

"O foco principal da experiência em um retiro espiritual é conectar você de forma consciente com uma dimensão mais profunda do Ser. E se estabelecer lá, com firmeza!"

– Luis Fêran

Um retiro espiritual pode estremecer seu velho mundo, pois é nestas imersões que você irá descobrir que certas áreas da sua vida estavam baseadas em mentiras, falsas promessas de felicidade e muitas ilusões. Daí, o seu sofrimento.

Ao mesmo tempo que isto pode causar certo medo, é profundamente libertador.

Libertador porque grande parte do trabalho em um retiro espiritual é voltado para processos de purificação. Ou seja, um procedimento de desintoxicação psicoemocional que limpa nosso corpo, mente e coração, resgatando nossa fé na vida e em nós mesmos, aprofundando nossa conexão com o grande mistério da vida, nossa realidade espiritual.

Estes processos nos ensinam como gerenciar nossa energia pessoal, do qual vamos encontrando maneiras de cultivar um estilo de vida mais saudável, equilibrado e voltado para aspirações mais profundas e significativas.

Um retiro espiritual irá promover uma expansão de consciência que irá transformar sua visão de mundo. E quando você muda, o mundo muda. Em um certo período de tempo, você vê sua vida transformada com um mínimo esforço, amigos se vão, porém novos amigos chegam. Aquela profissão passa a não fazer mais sentido, e você se reinventa, ou, simplesmente você continua fazendo o que está fazendo, porém com maior profundidade, significado e valor.

Voltamos a nos sentir mais vivos, pertencentes e valorosos. Isto não quer dizer ausência de desafios, problemas e crises, mas certamente estaremos mais preparados e alinhados com nossa força espiritual para lidar com o que quer que surja em nossa experiência de vida.

Tá, e agora?

Caso você esteja tomando consciência agora do momento de vida em que se encontra, tendo experiência e conhecimento nesta área ou não, saiba que um retiro espiritual pode oferecer uma retomada de vida que você tanto precisa. 

Ao se retirar do cotidiano e das responsabilidades mundanas, você abre espaço para adentrar em seu ser e fazer um exame de consciência. Uma avaliação profunda do que faz sentido e do que é importante, tomando consciência e criando coragem para deixar ir tudo aquilo que já não cabe mais em sua vida.

Saiba que seja você quem for, você é filho da existência, fruto da terra, vida em manifestação. Você merece viver com mais significado, profundidade e valor.

Que esta reflexão te leve conforto, esclarecimento e inspiração. Que você seja beneficiado(a) e sinta-se inspirado para trilhar sua jornada de autoconhecimento que vai transformar sua vida. 

Vamos dar um passo em direção à uma nova vida?

Inicie sua jornada de autoconhecimento e desenvolvimento espiritual, conheça um pouco mais do retiro Ilumina Gomos:

Saiba mais em:  https://gomos.us/retiro-ilumina/ ou envie uma mensagem no whatsapp clicando no ícone ao lado que ajudamos você.

Te vejo, te escuto, vamos juntos.

Conteúdo relacionado

Voltar

Muito mais conteúdos inspiradores

Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão as últimas novidades em eventos, encontros e inspire-se a transformar a sua rotina

    Li e concordo com os termos de uso e com a política de privacidade

    Entre em contato
    Enviar via Whatsapp